Entrevista com Moreno Simões

Conheci o Moreno há alguns anos, em Niterói, no Rio de Janeiro através de um primo dele, que é um amigo meu, desde a infância. Por termos este gosto em comum pelas tatuagens claro que fluiram muitas idéias e ficou a amizade até os dias de hoje. Fui acompanhando a evolução do Moreno, e ela foi enorme nestes 10, 12 anos que o conheço. Resolvi então convidá-lo para uma entrevista, onde ele pode falar um pouco como está a vida de tatuador, como é ser referência, e outras coisas que podem ajudar e incentivar quem está começando.

Tattoo Place: Moreno Simões em resumo:

Moreno Simões: Sou um cara que me permito a ouvir críticas afim de melhorar, admito todas minhas fraquezas e defeitos, sei de todas minhas limitações mas sei também de todo meu conhecimento adquirido com meus estudos e em minha carreira como tatuador. Além disso, estou sempre buscando mais e mais na vida, e me considero um grande aventureiro, que está sempre batendo de frente com as dificuldades de adaptação durante a trajetória.

Um sonho que tenho é deixar meu nome na história da minha classe, uma semente de evolução pra todos, por isso a busca por conhecimentos não para, isso é incessante.

Tattoo Place: Quando começou a tatuar e sentiu que era isso que tinha que seguir na vida?

Moreno Simões: Por volta dos 16 anos tive minha primeira experiência com tattoo quando fui me tatuar com um velho tatuador da minha cidade natal , fiquei olhando tudo aquilo e descobri que era o que queria fazer da minha vida, foi paixão ao primeiro contato. Ali encontrei tudo que buscava pra me expressar como artista e como ser humano. Na tattoo encontrei um sentido novo pra vida pois pra mim o lance é muito mais do que apenas algo comercial, a parada pra mim é ideológica.

Tattoo Place: Já sofreu preconceito?

Moreno Simões: Vira e mexe sofremos preconceitos, mas hoje em dia sinto mais isso por parte dos órgãos públicos e pelas forças ditas de segurança. A sociedade hoje em dia aceita bem e se permite ter contato com culturas diferentes. Hoje o que mais vejo na rua são olhos de admiração e não de preconceito.

Tattoo Place: Quem são suas grandes fontes de inspirações na tatuagem e na arte em geral?

Moreno Simões: Minhas fontes de inspirações na arte sempre foram meus pais, que sempre trabalharam com artesanatos e as mais diversas formas de contatos com tinta, por tanto minhas brincadeiras desde criança sempre foram com desenhos, cores, tintas e materiais de diversos tipos de artes. Na Tattoo, o que mais me influenciou foram os componentes das bandas de Death Metal das décadas de 80 e 90. Ali comecei a me interessar pela arte obscura do “from hell” (preto e branco demoníaco).

Tattoo Place: Moreno, nos conhecemos há uns 10 anos por aí. Lembro-me que curtia bastante o trabalho do Paul Booth e trabalhos mais “sombrios”. De lá pra cá o que mudou no seu estilo de tatuar?

Moreno Simões: Pois é meu querido, quanto tempo já se passou do nosso primeiro contato. Estamos ficando velhos. Nesta época eu era fortemente influenciado por artistas sombrios como Bob Tyrrel, Paul Booth entre outros criadores de criaturas obscuras, fiquei nessa área por longos 10 anos, mas um belo dia outro estilo me foi apresentado e foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido! Cheguei ao New School.

Tattoo Place: Quando começou a se especializar no New School?

Moreno Simões: No ano de 2010 incentivado por um amigo e artista renomado, o Monkey, comecei a me permitir novas experiências e estudos, descobrindo assim o New School. Este estilo me deu a maior liberdade de criação e expressão artística, ampliando assim minha visão para os demais outros estilos, uma vez que o New School em sua essência se baseia em iluminação, sombra, profundidade e relevo, dada por traços variados (bold, line…) trazendo pra dentro da obra um diferencial e um destaque único. Hoje tudo que eu faço tem a visão de projeção e de iluminação. Assim sendo, muito mais sombra nos lugares necessários, trazendo pra todas obras um efeito muito agradável aos olhos humanos. No New School encontrei minhas melhores oportunidades e o tão buscado reconhecimento artístico. Hoje sou reconhecido por este estilo, e tenho algo em torno de 40 premiações em convenções, por esta categoria. Recentemente também dei uma eternizada ao meu estilo quando lancei um set de cores exclusivo para New School em parceria com uma marca nacional muito séria e que tem seus produtos, inclusive o meu kit, autorizados pela Anvisa. Este é um mérito alcançado com o meu estilo, uma vez que apenas eu e mais um tatuador no país tem um set de tintas desta conceituada marca.

Tattoo Place: Como vencedor e jurado de diversas convenções, qual sua dica para quem quer chegar ao primeiro lugar?

Moreno Simões: Para chegar ao topo entre tantos bons artistas, o diferencial começa em sua humildade e essência artística, com isso os toques e sacadas vem com mais facilidade, pois quando se tem o somente ego a frente desta busca, nada é alcançado. Um artista que busca tais destaques precisa aderir um estilo de vida diferenciado e regrado onde as prioridades dessa pessoa são os contatos com arte, as relações com artistas, os estudos e experiências na prática. Acredito também que o diferencial de um artista vem quando o mesmo traz em seu trabalho elementos únicos e inovadores mostrando em poucos traços e efeitos quem o fez, por tanto prego a criação de suas obras e não as cópias.

Tattoo Place: O que tem feito, além de tatuagens, em sua rotina como tatuador? Algum projeto bacana rolando?

Moreno Simões: Além de minha rotina de atendimento de clientes diretamente, meu trabalho está bem voltado aos tatuadores, onde venho realizando workshops e cursos particulares por todo Brasil, e em breve em outros países. Realizo também eventos de arte, como exposição de artes com tintas em formas variadas de expressão. Na minha parceria com a marca citada acima desenvolvo produtos para tatuadores como tintas, máquinas, agulhas e etc. E mais projetos vem por aí, viagens internacionais e nacionais em prol da tattoo.

Tattoo Place: Programas de TV, a Internet e especialmente as redes sociais como Facebook e Instagram se tornaram fenômenos amplamente difundidos nos últimos anos. Quais os impactos positivos e negativos que você acha que tem para o desenvolvimento da indústria da tatuagem?

Moreno Simões: Essas mídias foram muito importantes pois com elas vários artistas muito talentosos puderam ser descobertos e reconhecidos. Muito positivo também foi para a troca de informações sobre técnicas e materiais, outrora escondidos pelos mais velhos artistas. Dessa forma também podemos conseguir atingir outros povos e culturas com nossa arte, os pontos negativos ao meu ver são as constantes cópias. As frequentes exposições de ego e prepotência de muitos é outro lado negativo, pois observo muito artista que não para mais pra desenhar e criar e fica o dia todo ostentando o que não tem e o que não pode, ao invés de buscar mais o que aprender nesse universo virtual. Tem q saber usar como qualquer coisa nessa vida. Na minha opinião basta o bom senso.

Tattoo Place: Qual pedido de tattoo mais inusitado que já lhe fizeram?

Moreno Simões: O pedido mais inusitado foi um pênis realista no braço de um alemão, e a idéia dele era que quando ele estivesse no metrô segurando nos apoios ia ficar de frente com as pessoas que já geralmente o cercavam de preconceito pelo grande número de tattoos pelo corpo. (Risos)

Tattoo Place: Falando do futuro, como você projeta a cena tattoo nacional para daqui uns 10 anos?

Moreno Simões: A tattoo já vem tomando uma caminhada evolutiva absurda, acredito eu que em mais 10 anos seremos nós os normais e os diferentes serão os não tatuados. Acredito também que a evolução artística da coisa vai ser de assustar ainda mais pois hoje em dia, os efeitos alcançados nos trabalhos surpreendem cada vez mais e os produtos estão cada vez mais inovadores.

Tattoo Place: Você recomendaria esta profissão? Se sim, o que você acha imprescindível para galera que tá querendo seguir na arte?

Moreno Simões: Recomendo sim!!! Porém, recomendável a pessoas com aptidão artística, e com interesse em conhecer cada vez mais e mais a arte em geral. Imprescindível é o estudo diário, a pratica de desenhos e a participação em feiras e workshops com artistas com mais base e conhecimento. Uu seja não devemos nunca cessar os estudos pois a caminhada é eterna.

Tattoo Place: Onde podemos fazer uma tatuagem com Moreno?

Moreno Simões: Atendo atualmente meus clientes e alunos em São Paulo. O estúdio se chama Simões Tattoo Family e fica em Santana, Zona Norte de Sampa.

Moreno Simões: Obrigado ao Tattoo Place pela oportunidade e pelo incentivo, e viva a arte! – Nós que agradecemos, Moreno!

%d blogueiros gostam disto: